https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Tinta na caneta

 
Tags:  poema    vida    alegria    mar  
 
Mas não há canetas nesta casa?
E agora acabou a tinta da caneta,
As papelarias estão todas inatingíveis
devido ao vendaval;
Sente-se um terrível temporal,
Onde o tempo quer escrever
cada gota a cair;
Cada soprar a viver;
Cada espreitar do sol a rir.
.
O tempo quer,
Tinta na caneta;
Diz-me como o tempo vai rimar?
Não há tinta, o tempo sabe e sopra a maçaneta.
Mas há pó nos móveis,
Onde o tempo pode lembrar cada rima do seu amar.
.
Neste caso o tempo agradece ao pó,
O desmazelo que teve,
Se não fosse assim até metia dó,
Porque o tempo é esquecido e só sabe voar;
Mas mesmo assim o tempo é criativo e leve.
.
O tempo quer
uma Musa;
Tinta na caneta;
E um elementar caderno;
Para soprar uma ideia confusa
neste mundo moderno.
.
Só não escreve quem não quer,
Até o imaginar redige no ar,
E o esquecer compõe no soprar,
Só não rabisca quem não quer,
Depois do temporal vou gravar na areia este poema,
para o mar abraça-lo e leva-lo com ele.
.
Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R


A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1167
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Luisa Zacarias
Publicado: 16/01/2014 13:31  Atualizado: 16/01/2014 13:31
Colaborador
Usuário desde: 30/08/2007
Localidade: Evora
Mensagens: 666
 Re: Tinta na caneta P/A.C.O.R.
Open in new window
Como ire-mos fazer se a tinta se acabar numa noite em que não há mais em casa!?
O cérebro não rejista tudo; como uma máquina fotografica!!!
Mas, adorei ler seu poema! Há! Poetisa Não escreva ele na arei não, pois a onda vem e leva consigo p´r a sempre e não mais deixa sinal dele! Luisa


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 10/04/2014 10:55  Atualizado: 10/04/2014 10:55
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Tinta na caneta
Um belo poema inteligente. A caenta é a verdadeira musa do escrever