https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Um cálice de licor

 
Um cálice de licor
 
E depois de tudo... o silêncio. A gritar as dores do corpo entorpecido de cansaços. A vida contada em meia dúzia de palavras. Mais um pouco de silêncio diluído num trago de licor e a alma a doer-lhe nos olhos rasos de água. Uma lágrima a despencar da pálpebra avermelhada e a vir morrer-lhe no lenço que tira do bolso do avental. Saudades dos seus que estão longe... O coração a palpitar descoordenado como diz no papel do electrocardiograma que foi buscar para eu ler. Nada de grave, qualquer coisa num ventrículo a preocupar-lhe o pensamento.
Muda-se de assunto que tristezas não pagam dívidas, já dizia o ditado, e diz-se uma graçola e dá-se uma gargalhada e leva-se o cálice aos lábios mais uma vez para adoçar a boca e aconchegar o espírito. Fala-se de tudo e de nada, mas com sabor a tanto,tanto...!


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
692
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
3
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 28/05/2014 13:37  Atualizado: 28/05/2014 13:37
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6753
 Re: Um cálice de licor
Um doce poema onde a ternura palpita um coração, uma maravilha

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 29/05/2014 06:32  Atualizado: 29/05/2014 06:32
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Um cálice de licor
e, quando surges como um vento cortando a palavra.
perco-me de mim. o peito vira colo, abraça, acolhe
os sons inscritos dentro, salpicando cores por vir.
sublime, antes de esquecer que devo agradecer... agradecer
esse, o momento. (aff)

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 29/05/2014 11:46  Atualizado: 29/05/2014 11:46
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Um cálice de licor
Tanta vida assim como a que descreves, a saudade sempre presente a tornar os dias sempre
iguais, a lágrima sempre presente e o futuro já tão incerto, talvez pior do que o passado.
Adorei.

bj