https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

deixemos que o vinho do silêncio

 
................................
................................
................................


deixemos que o vinho
do silêncio
respire nossos ares

para saboreá-lo,
antes um estalo de lábios
dedos na boca das taças

nelas, que o silêncio nos escorra
até um quarto
e que o ar se esvaia
em últimos suspiros

no chão, roupas e garrafas mortas

então, vermelhos de vinho
que o silêncio seja um ser
em cio

do lado de fora da porta


alguns anos de solidão - blogue

"ah, meu deus do céu, vá ser sério assim no inferno!"
- Tom Zé


 
Autor
Caio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
528
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.