https://www.poetris.com/
Poemas : 

poema

 
foste embora montado no passado
feito o cheiro que retorna no abraço
para ir-se novamente como o braço
que parece nunca ter me abraçado

ainda assim, dessa vez não me foi dado
o sossego de cair em outros braços
ou a glória de juntar os meus pedaços
e amarrá-los feito pedras ao meu lado

tu foste embora, como em outras eras
levando em ti todas as primaveras
deixando sombras de um inverno estranho

meu consolo foi apenas teu perfume
infinito de paixão e de ciúme
que enfim eu esqueci depois do banho


alguns anos de solidão - blogue

"ah, meu deus do céu, vá ser sério assim no inferno!"
- Tom Zé


perdido no tempo
 
Autor
Caio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
94
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 09/11/2020 23:14  Atualizado: 09/11/2020 23:14
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16950
 Re: poema
Caio
meu consolo foi apenas teu perfume
infinito de paixão e de ciúme
que enfim eu esqueci depois do banho


Esqueceu rápido! Adorei esse final! Muito bom!
Parabéns!
Beijos!
Janna