https://www.poetris.com/
 
 
Sou simples
Não reparem
Sou graveto, sou galho.
Quando sou muitos, sou árvore.
Sou como o orvalho
Sou como a gota da chuva
Sou pequena
Mas quando sou muitas
Sou a correnteza de um rio.
Sou o vento
Sou um assobio
Sou a estrela da manhã
Nestas noites terçãs
Sinto um grande vazio.
Mas sou criança
Sou febre
Sou esperança
Sou lebre
Sou nuvem
Sou Sol
Sou uma penugem
Exposta no lençol
Sou uma sombra na janela
Sou a mulher que quer ser bela
Sou eu
És tu
Somos nós
Sois vós...
Não preto como o breu
Não tão azul
Nem tão só;
Apenas eu quando escrevo
Apenas tu quando lês
Apenas nós quando eternizamos
E assim eu vejo
E assim tu vês
As palavras que escrevo, estas somos.

Joana Darc Brasil *
23/01/08
*Direitos Autorais reservados.


Edna Schneider Lemos

 
Autor
Edna Schneider Lemos
 
Texto
Data
Leituras
910
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/01/2008 10:38  Atualizado: 23/01/2008 10:38
 Re: Somos
SO É POSSIVEL SER POETA SE FORMOS CAPAZES DE SER UM POUCO DE TUDO... GOSTEI MUITO...BJ


Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 23/01/2008 19:07  Atualizado: 23/01/2008 19:07
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Somos
Parabéns Joana.
h@p