https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

VIRANDO A PÁGINA DO AMOR

 


Meu coração anda tão vazio de amor
Que há dias tento tirar dele uns versos de amor,
Tento arrancá-los, desisto logo – tamanha a dor!

Vivo uma total ausência de amor:
Os amores de ontem: tenho-os vagos na lembrança;
Os amores de hoje: já os trago sem esperança;
Os amores de amanhã: trazem-me insegurança!

Resta-me esse gosto de falar de amor,...
Mais pelo hábito, necessidade de poesia de amor!
Sou ineficiente, inapto, incompetente para o amor!

Não aprendi a arte da conquista, se tento, algo diz: desista!
Já não vivo o amor, não sinto o amor, nem espero o amor!
Esse amor é só dor. Sou um fracassado caçador de amor!

Acho que não vou mais fazer poemas de amor,
Vou virar esta página, não nasci para o amor!
Vou deixar meu coração na paz do vazio de amor!




Manoel De almeida

 
Autor
ManoelDeAlmeida
 
Texto
Data
Leituras
547
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/10/2014 13:09  Atualizado: 23/10/2014 13:09
 Re: VIRANDO A PÁGINA DO AMOR
Tem ritmo, tem sensibilidade...gostei demais, parabéns!!!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/10/2014 16:47  Atualizado: 23/10/2014 16:47
 Re: VIRANDO A PÁGINA DO AMOR
acontece que às vezes o tema do amor torna-se enfadonho. um abraço.