https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Inspiração

 
Tags:  amor    ternura    cumplicidade  
 
Open in new window

Sinto as curvas suaves de um corpo perdido entre nossas almas, sinto o perfume que invade o ar que respiramos, entranhando-se na pele, no corpo que é nosso. Sinto o calor do abraço, apertado, chama lenta que abrasa a libido, e nos aquece a alma com o amor que sabemos fazer. Tocar-te, é esculpir a Deusa que descubro em ti, sentindo cada parte deste todo que se faz da tua alma e termina em teu corpo.

Deitados sobre a brisa que nos transporta, somos apenas energia que flui entre corpos, amor sob a forma de sentires, palavras sobre forma de mil textos por descobrir. De amor te faço cada letra, de paixão, acesa e viva, faço cada frase, de prazer, intenso e puro, faço cada parágrafo que te escrevo na ausência, na distância e no vazio. És aurora boreal, luz que rasga as trevas, inspiração, utopia e lenda, um mito que não me canso de declamar.

Aqui sozinho, no meio de todas estas estrelas, inalo o amor que me ofereces no vento que me afaga o corpo, inspiração profunda, expiração ausente, querendo manter-te bem dentro do meu corpo. Num último e derradeiro suspiro, liberto-te, deixando ficar em mim o prazer de haver-te possuído por um singelo instante.

 
Autor
Noite
Autor
 
Texto
Data
Leituras
892
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
t u r t l e m o o n
Publicado: 01/02/2008 13:22  Atualizado: 01/02/2008 13:22
Super Participativo
Usuário desde: 16/11/2007
Localidade:
Mensagens: 167
 Re: Inspiração
A tua inspiração é fluída, intensa, apaixonada e nostálgica!Cativante!!!

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 01/02/2008 15:44  Atualizado: 01/02/2008 15:44
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Inspiração
Fico inspirada só de te ler...

Mais uma vez parabéns pela maneira envolvente como escreves.

Beijos