https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

foram tantos

 
Tags:  amor    tarde    certeza    último    primeiro    convicção  
 
foram tantos os que te comeram, a tantos juraste eterno amor. com todos tiveste a certeza de ter encontrado o teu par. como acreditar no que me dizes, mais uma vez, com a tua mesma antiga convicção? sou apenas mais um entre os tantos que te comeram. se apenas tarde te encontrei e não pude ser o primeiro, não posso cobrar do teu tardio amor ser o último.

Poema do livro Crônicas do Amor Impossível
a venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim


Open in new window

 
Autor
Jardim<>
Autor
 
Texto
Data
Leituras
646
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
0
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.