https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sempre que chegas a este cume do Buçaco e escreves com a tua alma …ficamos inundados de palavras mestras …

 
Open in new window


Sempre que chegas ,
Se formam lágrimas de contentamento …
Nas fendas…

Na pele…

Nas células…

Nas telas retumbantes
Do céu…


Sempre que os teus olhos falam letras ,
Tudo à minha volta se encolhe num poema …

Nas profundezas
De um mar ardente…

Correndo como menino …

Como ave peregrina,
Iniciando o primeiro voo
No infinito das linhas…

Sempre que partes ,
O silêncio despenha meu coração
Ruindo cada gosto
Fardado
Em meus ombros ….

Deixando o mofo nos lábios
E um fado sem gente …







Poema dedicado á ave Oceanites oceanicus …por outras palavras, à ninfa deste mar …por outras palavras ,à fada mais bela deste lugar…
 
Autor
Catópode
 
Texto
Data
Leituras
686
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/04/2015 19:37  Atualizado: 05/04/2015 19:37
 Re: Sempre que chegas a este cume do Buçaco e escreves ...
Bonito !

Bela homenagem!

Parabéns!

Abraços,

Anggela