https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

AMAR-TE

 
Tags:  amor    paixão    entrega  
 
Quero tocar-te, calma e lentamente
E que seja, para da pele ver-te além...
Quero sim, que o arrepio revele a gente
O que o olhar provoca a ti, a mais ninguém

Quero que meu sorriso macio e quente
Possa dos momentos de amor, te fazer refém
E por seguro abrigo dar-te vida eternamente
No aconchego do colo, que te faz tão bem

Vem...Deita sobre mim tua fome de infinito
Vem calar-me da voz, a ânsia e o grito
Saciar-me a alma, tornar-se pleno em mim

E qu'eu possa de amor amanhecer enfim
Tal sol, que brota nas manhãs...luz do mar
E não mais me perder...Só em te me encontrar

Rita São Paulo

 
Autor
RitaSãoPaulo
 
Texto
Data
Leituras
380
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
3
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/05/2015 16:05  Atualizado: 07/05/2015 16:06
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: AMAR-TE
Orvalho de amor que nos tocam, molhando do nos de desejo, sacindo nossa almas para aquele intenso pleno, delicia de um fogoso veneno, que você me provoca loucamente.

Enviado por Tópico
karolis.br@sapo.pt
Publicado: 07/05/2015 19:46  Atualizado: 07/05/2015 19:46
Da casa!
Usuário desde: 17/04/2010
Localidade: Cascais. Portugal.
Mensagens: 368
 Re: AMAR-TE
Soneto de fazer inveja à Florbela Espanca! rsrs

Gostei de verdade. Parabéns e obrigado pela partilha!

Carlos. Bjs