https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

REVERENCIO-ME AOS PAIS.

 


Reverencio-me aos pais e aos seus cuidados,
E repúdio ao mercantilismo despudorado,
Que instituiu uma data dita comemorativa,
Para saquear parcos recursos destes coitados.

Em sua maioria o próprio pai que paga a conta,
Feito um idiota ainda se sente pelo filho amado,
Eu já dispensei esta heresia de faz de contas,
Nesta mera data abdico de ser presenteado.

O maior presente que um pai merece é o respeito,
Este nos negam com mil argumentos apresentados.
Prefiro o silêncio para meditar sobre meus feitos.

Deixo aos pais os meus referendos hoje e sempre,
Que tenham na vida a compreensão dos seus atos,
Levem pra Deus o que aprenderam diante dos fatos.


Enviado por Miguel Jacó em 09/08/2015
Código do texto: T5339811
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
381
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
5
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/08/2015 04:46  Atualizado: 09/08/2015 04:46
 Re: REVERENCIO-ME AOS PAIS.
Muito, muito bom, feliz dias dos pais!

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 09/08/2015 10:26  Atualizado: 09/08/2015 10:26
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6496
 Re: REVERENCIO-ME AOS PAIS.
Pai é sempre pai, por mais que filhos lhe desobedeça e não deve negar lado bom deles (filhos) recebendo presentes que tanto merece. Abdicar não corrige o mal havido.
Belo soneto, adorei
Abraço!
upanhaca

Enviado por Tópico
AjAraujo
Publicado: 09/08/2015 10:54  Atualizado: 09/08/2015 10:54
Colaborador
Usuário desde: 20/09/2009
Localidade:
Mensagens: 2065
 Re: REVERENCIO-ME AOS PAIS.
Miguel, uma mensagem dez, por chamar a reflexão do quanto estas datas tão nobres se banalizaram em apelos para o consumismo material - finitos, descartáveis -, e o quanto precisamos refundar os valores espirituais - infinitos, transcendentais - de nossas relações humanas.
Parabéns amigo poeta.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/08/2015 14:18  Atualizado: 09/08/2015 14:18
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: REVERENCIO-ME AOS PAIS.
Pai é a raiz que amplamente todo um contexto que uma família, onde a luz de si é a verdadeira penumbra .

magnifico poema

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 14/08/2015 10:29  Atualizado: 14/08/2015 10:29
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4239
 Re: REVERENCIO-ME AOS PAIS.
Bom dia Miguel,

Sempre em cima do acontecimento, tu vais versando as tuas ideias e as defendes, assim desta forma que até parece fácil, mas não o é.
Parabéns por teus versos tão bem aplicados aqui.

Beijos
Eureka