https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

AUTOCRÍTICA

 
Tags:  SONETOS 2011  
 
AUTOCRÍTICA

Penso saber quem eu sou quando penso.
D'estarte, um escritor de poemas tortos?
Concedo: imitador de poetas mortos...
Mas jamais um autor vão ou pretenso.

Portanto, não importa se convenço.
Nem se mantenho ao texto olhos absortos.
Não me escuso se causo desconfortos,
Tão-só me reconheço um tanto intenso.

Coube a mim escrever mal uns bons versos.
Por isso, às vezes conto, às vezes canto;
Olho para além do óbvio e até me espanto.

Sei não saber de tudo, mas dois terços
Do que sei, considero de intuição!
O resto são razões do coração...

Betim - 27 04 2011


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
458
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/08/2015 13:08  Atualizado: 16/08/2015 13:08
 Re: AUTOCRÍTICA
Muito bom... meus parabéns!



Alice


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 18/10/2016 02:00  Atualizado: 18/10/2016 02:00
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2376
 Re: AUTOCRÍTICA
Oi Ricardo,
Que bonita essa autocritica! Dois tercos intuicao....
Gostei de todo ele. Muito bem escrito!

Abracos!


*Mary Fioratti*