https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O EXTINTO MEDO, EXTINTO.

 
Tags:  solidão    tristeza    reflexão  
 
O EXTINTO MEDO, EXTINTO.
 
as palavras estão distintas,
e evaporam de minha mente.
os versos são cretinos,
que dilacera meu subconsciente!

Oque sua alma esta tentando tragar?
e o brilho da eternidade manchar,
um coração inocente machucar,
e o resto que jaz dessa vida amaldiçoar.

qual sera seu preço para aceitar, ou melhor qual a pagar...
e se pagar ? o quão distante de seus amigos e sua família se afastara!
uivando sozinho como um cão sem dono,
parado nas esquinas, observando o brilho das estrelas como um alcoólico mordomo!

o resto do pouco de saúde que nos resta é viver!
não deixe os sonhos levar você, pois há meses estive em lugares que mau posso descrever...
encha tuneis de vinho, e saciem minha sede, abasteça os copos de meus vizinhos e os aliene .
de a cada um o gosto do pecado local,
não os deixem se sentirem mau, sorria, acene e de tchau.

descubra os medos mortais, usaremos contra esses animais,
apague a luz do céu, e deixe que o instinto os torne seu próprio réu.

Mais Poemas


KaiiqueNascimentto!

 
Autor
KaiiqueNascimentto
 
Texto
Data
Leituras
363
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
laura_linda
Publicado: 15/08/2015 02:39  Atualizado: 15/08/2015 02:39
Novo Membro
Usuário desde: 15/08/2015
Localidade:
Mensagens: 2
 Re: O EXTINTO MEDO, EXTINTO.
Alem de linda, uma profunda poesia. Parabéns Kaique Abraços ....