https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poema desesperado tentando adivinhar seu nome

 




“ Sei apenas que a quarta letra do seu nome é um “H”,
mas é grande a curiosidade, a necessidade de uma rima há...
Então, vou chama-la *********, que seu nome não mais esconda
e aos carinhos do poeta suplicante responda ...”




Saber seu nome é toda atenção ora presente,
carregada com a excitação então liberada,
inicio meus dias pensando uma palavra assente,
para aquela que não quer pelo nome ser chamada.

Talvez pudesse chamá-la por um nome de santa,
ou como das flores que vicejam nas primaveras,
uma árvore frondosa, quiçá qualquer outra planta,
sobre seu nome já teci tantas lindas quimeras.

Nas alturas resistindo aos ataques da desdita,
achei propriedade nesse nome que até reluz,
mulher de fibra, ativa, marchou para a guerra
seria você uma linda Aisha toda vestida de luz?

Tantos impedimentos poderiam ser superados,
se simplesmente me disse o seu nome adotado,
na minha busca houve momentos desesperados,
alguns nomes, achei que não teriam significado.

Uma mística Sofhia, a sabedoria divina banha,
que à basílica em Constantinopla deu o nome,
nomeou as princesas imperiais da Alemanha
e à Loren, a grande atriz italiana de renome.

Não sente necessidade de anunciar qualidades,
se a vejo assim livre, magnetismo invejável,
prefere discrição, de ponderar tem faculdades,
mas possessiva que é, vejo a Katharina adorável.

Achei que seria desprezo desistir desta busca,
me envolveu muito uma onda da curiosidade grave,
você não entende, sei bem, mas a questão ofusca,
queria poder chamar você por um nome assim suave.

Trazendo em si tanta simbologia das festividades,
um nome bonito, suave, marcantemente feminino,
e será assim, saciarei enfim, minhas curiosidades:
doce ********** reflete a alegria do poeta peregrino.




De arrebatada figura,
sou altivo, sou forte,
não carrego lutos e mágoas,
até um dia enganei a morte,
na sua faina de colher almas
e renasci.

Aguardando a autorização da musa para revelar seu nome.
 
Autor
Warmien
Autor
 
Texto
Data
Leituras
234
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 23/11/2015 17:29  Atualizado: 23/11/2015 17:29
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Poema desesperado tentando adivinhar seu nome
Um versejar a adorável.

Palavras que vai se aprofundando e uma busca, onde o escrever algo se revlará.