https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

LEMBRANÇA

 
Tags:  SONETOS 2005  
 
LEMBRANÇA

Ontem, eu te abracei com uma fé
Que vence a escuridão e a dor em volta.
Como quando pequena e sem revolta
Me vinhas com calor, ternura até...

O que há de bom n’aquele teu gesto é:
Tu, nos meus braços, toda entregue e envolta.
Diante d'esta imagem tudo volta
Ao amor que nos manteve os dois de pé.

Hoje, mais de vergonha e raiva choras
Enquanto olhando triste para as horas,
Talvez já te ressintas da lembrança.

Sabe-o tu: nunca estou longe demais.
E, embora desgostosos os teus ais,
Sempre sempre serás a minha criança.

Belo Horizonte – 02 06 2005


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
253
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 25/11/2015 22:03  Atualizado: 25/11/2015 22:03
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: LEMBRANÇA
Soneto cujos versos são doces e ternos, falando de amor incondicional, foi o que senti ao ler.

O amor tem dessas coisas querido poeta, e nos leva a acreditar na necessidade de um aconchego que conforta e liberta!
Muito bom.

Parabéns também, pela riqueza de rimas utilizadas para compor esse belo poema, Ricardo!!



Beijinhos!!


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 25/11/2015 22:18  Atualizado: 25/11/2015 22:18
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: LEMBRANÇA
Aprecio muito os teus poemas.
Noto sensibilidade e cuidado
na tuas composições. Parabéns!
:)