https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Por instantes

 
Por instantes
 
No meu corpo, por instantes,
visto as dores de quem vive
num doer que é constante
por um amor que nunca tive.

Bailam dores nos meus olhos
como as flores pelo vento
como espadas e abrolhos
baila em mim o pensamento.

E bailas tu no meu cansaço
baila a vida e a saudade
no vazio do meu regaço
bailo eu com a cidade.

E verás, quando algum dia,
tu souberes que eu parti
como até na terra fria
esperarei, amor, por ti ...


Ricardo Maria Louro



Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
356
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/04/2016 02:41  Atualizado: 20/04/2016 02:41
 Re: Por instantes
Belo fado condoído.
Abraço