https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

CORTINAS SOLITÁRIAS

 
Open in new window


Imagem do Google

CORTINAS SOLITÁRIAS

Paira em meu coração grande saudade
De alguém que não faz parte do presente,
E no passado me fazia contente,
Enchendo meus dias de felicidade.

É deserto agora dentro de mim
E não há nada que me dê alegria
Quando durmo sou minha companhia
Acordando minha estrada é sem fim.

Dentro de mim um silencioso mundo
Querendo reviver o que passou
Abre cortinas no vazio profundo.

Muitas vezes não sabendo quem sou
Afogo o vazio nesse lago fundo
Para não se acabar o que ficou.


Lu



A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
326
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
10
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/05/2016 08:58  Atualizado: 16/05/2016 08:58
 Re: CORTINAS SOLITÁRIAS
Ficou lindo parabéns poeta.
Obrigado pela partilha da leitura.
Esteja bem.
PG


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 16/05/2016 11:47  Atualizado: 16/05/2016 11:47
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29201
 Re: CORTINAS SOLITÁRIAS
Ondas que batem nos seios de nosso mar, acionando aquele triste vindo das mares de nossos olhos, onde chora a solidão.

martisns


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 16/05/2016 16:09  Atualizado: 16/05/2016 16:09
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12509
 Re: CORTINAS SOLITÁRIAS P/Lucineide
Um lindo poema, gostei muito! Beijinho Vólena


Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 16/05/2016 19:06  Atualizado: 16/05/2016 19:06
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2986
 Re: CORTINAS SOLITÁRIAS
Lindo o soneto, saudade sempre é inspirador, embora doída...
Beijo.
Branca


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 17/05/2016 21:01  Atualizado: 17/05/2016 21:22
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: CORTINAS SOLITÁRIAS
Olá Lucineide,

Gostei mesmo muito deste poema!

Senti-o... se me permites. Mas essa saudade deve ser preenchida pela alegria da recordação dos momentos que juntos passaram...


Beijinhos