https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

À primeira vista, paixão à primeira vista

 
Tags:  Mitos e Mentiras  
 
À primeira vista foi paixão,
foi paixão à primera vista.
Amor é que digo que não,
amor é árdua conquista!

À primeira vista apaixonaram-se,
apaixonaram-se à vista primeira;
muitas vistas os que amaram-se,
conhecendo-se sobremaneira.

À primeira paixão vista foi,
foi fogo, foi tsunami, terramoto...
Dor desatina sem saber se dói,
espasmo, o prazer que adopto...

Arrasou tudo à sua passagem,
deixando um rasto mortal e vazio,
desertos e caos são a paisagem,
e o frio.


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
543
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 19/08/2016 08:37  Atualizado: 19/08/2016 08:37
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1360
 Re: À primeira vista, paixão à primeira vista
...a química! as hormonas! Atração e aparência bem traçada no seu poema. No quarto verso da primeira estrofe, mora a substância e a "receita" : " amor é árdua conquista!"
Gostei muito de ler. Parabéns.
Um abraço

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/04/2017 13:37  Atualizado: 07/04/2017 13:37
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: À primeira vista, paixão à primeira vista
Rogério
Belo poema! A paixão à primeira vista, muitas vezes, é devastadora, já o amor é árdua conquista!
Adorei!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 08/04/2017 01:31  Atualizado: 08/04/2017 01:31
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2376
 Re: À primeira vista, paixão à primeira vista
Rogerio

A paixao nao tem senso. Esse fogo, tsunami, tao delicioso, tao vertigem, cai a terra quando passa.
O pior de tudo eh enfrentar esse gelido sabor de ilusao.
A paixao sempre arranca quadros da parede, renova a Cortina da sala, troca o tapete por um novinho, tudo lindo, brilhante, excitante...

Mas ainda enfrentaria esse tsunami... e levaria um cobertozinho eletrico para enfrentar o frio final.

Abracos!

*Mary Fioratti*