https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 18 »
Offline
Rogério Beça
Ditongo
Dizer os outros, a água dos seus passos, e ser dito, o ditado do vento nos montes a esculpir as ...
Enviado por Rogério Beça
em 14/06/2019 09:09:06
Offline
Rogério Beça
ficamos
Só mais um dia depois do Hoje que voou como ave de rapina. Num pestanejar curvo somou a noite, s...
Enviado por Rogério Beça
em 08/06/2019 00:26:25
Offline
Rogério Beça
Senão traduzido
E então, Senão pensou para consigo: Sigo. Quem sem a Bela sou? Quem sou eu sem a Bela, quem, qu...
Enviado por Rogério Beça
em 19/05/2019 21:56:29
Offline
Rogério Beça
Era de madrugada quando ma deste
Há muito muito deste-me a Saudade. De pessoas, das rochas quando fui vaga, da chuva quando fui d...
Enviado por Rogério Beça
em 08/05/2019 22:40:33
Offline
Rogério Beça
Números irracionais
Naquela casa decimal cabia um lar. Havia o teu cheiro entranhado nas fissuras do chão, a tua mar...
Enviado por Rogério Beça
em 29/04/2019 21:42:37
Offline
Rogério Beça
Profetas que veem coisas que não acontecem
Tinha os dados todos, rolava-os no meio do casino num sábado à tarde. Ou, porque ouvia conversas...
Enviado por Rogério Beça
em 13/04/2019 12:31:29
Offline
Rogério Beça
Nas páginas do silêncio
Nas páginas do silêncio eram inscritas trovoadas carregadas de vento, de uivos, de piares e pios...
Enviado por Rogério Beça
em 06/04/2019 20:04:35
Offline
Rogério Beça
pergunta
Pergunto-me se no feitio está aquilo de que sou feito. Lá para dentro espreito vejo, cego, moldur...
Enviado por Rogério Beça
em 30/03/2019 11:57:45
Offline
Rogério Beça
Nu Fim
Não me venham com a história do futuro, nem com puras fantasias, não me venham nem com poesias. ...
Enviado por Rogério Beça
em 06/03/2019 14:39:03
Offline
Rogério Beça
Os És são amarelos - Criptografia
Tudo tem cor se abrires os olhos e escapares do cinza das horas. Do negro da fé, ao alvo dos com...
Enviado por Rogério Beça
em 21/02/2019 09:35:52
Offline
Rogério Beça
Amargura
Amar amargou e neste gosto tão largo, não sei se é amargo, ou sequer se se amou. Amargou essa ...
Enviado por Rogério Beça
em 14/02/2019 11:40:56
Offline
Rogério Beça
Cartão de Cidadão
Pessoa não tem determinante possessivo. O que a determina é essa flor fina da liberdade, dent...
Enviado por Rogério Beça
em 06/02/2019 19:10:59
Offline
Rogério Beça
Querença
Quero que o meu livro seja obra de copista, vício de escrivão. Ou, então, escultura renascentist...
Enviado por Rogério Beça
em 26/01/2019 10:19:09
Offline
Rogério Beça
A triste história do Homem que vendeu um filho para matar a fome a oito
Diz-me o teu preço que te direi o meu. Diz-me por qual milagre te ajoelhas, esse que te é tão car...
Enviado por Rogério Beça
em 15/12/2018 11:33:27
Offline
Rogério Beça
Rota da seda
Apesar de remotos, ainda criamos laços, como se nos pescássemos numa rede fina, procurando uma au...
Enviado por Rogério Beça
em 29/11/2018 12:52:22
Offline
Rogério Beça
um dia a menos
Encalhava nos bancos de areia apesar da cartografia exemplar que seguia. Mesmo que olhasse etern...
Enviado por Rogério Beça
em 11/11/2018 16:37:49
Offline
Rogério Beça
filigrana
O monóculo deste ourives escorrega tão devagarinho na tez em suor e enrugada. E, ao sabor de algu...
Enviado por Rogério Beça
em 04/11/2018 22:25:19
Offline
Rogério Beça
santo
Preparava o pau oco para ser molde enchido de metais preciosos. E, a pouco e pouco, a leitura das...
Enviado por Rogério Beça
em 12/10/2018 18:22:16
Offline
Rogério Beça
to be
É um ser fora do estar, que é em todo o lado, que o que sou não pode ficar. Se, com tanto de lug...
Enviado por Rogério Beça
em 05/10/2018 09:41:08
Offline
Rogério Beça
Canto o novo e Canto o velho com o mesmo enCanto
Canto o novo e canto o velho com o mesmo encanto: Há no ar menino a dor da primeira vez; a sina...
Enviado por Rogério Beça
em 29/09/2018 11:49:16
(1) 2 3 4 ... 18 »