https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 25 »
Offline
Rogério Beça
o verão em minúsculas
há uma luz que cega o tempo erode o perfume do agora e escurece suavemente o que vem é um sempr...
Enviado por Rogério Beça
em 25/01/2023 17:14:31
Offline
Rogério Beça
Puzzle de Uma Peça
era claro dizia em monossílabos vestia a mesma cor nunca sabia onde doía a dor para onde ia era...
Enviado por Rogério Beça
em 20/01/2023 07:09:54
Offline
Rogério Beça
Al-Jubb
ouço ao longe o poço seco entranho o seu rumor nas paredes, as memórias em silêncio, no seu sil...
Enviado por Rogério Beça
em 16/01/2023 20:14:46
Offline
Rogério Beça
estáticos
estático. quão pouca, ou quiçá nenhuma, verdade há no parado. pura ilusão cheia de poluição. no d...
Enviado por Rogério Beça
em 13/01/2023 08:40:19
Offline
Rogério Beça
Porque
Porquê guarda, em seis letras, um acento inquieto, uma tónica clara que procura uma cura curiosa...
Enviado por Rogério Beça
em 29/12/2022 21:48:40
Offline
Rogério Beça
favas contadas
perdi-me sem recurso a mapa nem direito a capa, rosa-dos-ventos. Andando também sigo parado sem ...
Enviado por Rogério Beça
em 02/12/2022 23:19:34
Offline
Rogério Beça
porta da cozinha
lugares incomuns espreitam ao virar da esquina, num canto do lar avessa à planta, ao plano duro ...
Enviado por Rogério Beça
em 05/11/2022 01:21:42
Offline
Rogério Beça
homenagem à luta
não havia palha para alimentar a sua epopeia que contou pelas próprias mãos apenas em dois verso...
Enviado por Rogério Beça
em 27/09/2022 16:59:00
Offline
Rogério Beça
Não há pontão no Guincho
Não há pontão no Guincho, o mar picado só quer dunas. Um meio só; além do vento urtigado a lamb...
Enviado por Rogério Beça
em 28/07/2022 09:36:34
Offline
Rogério Beça
Pé de funâmbulo
Há que dar a volta ao cabo mas sem tocar no perímetro, invocando as acções sem adjectivos; bem m...
Enviado por Rogério Beça
em 17/07/2022 05:40:16
Offline
Rogério Beça
do Mal servidos
Pediram-me um poema de encomenda pagaram adiantado dei o recado a quem mos manda para o caderno ...
Enviado por Rogério Beça
em 05/06/2022 06:55:03
Offline
Rogério Beça
Dez Sonetos da Guerra da Crimeia parte dois
1. Afinal, agora, são drones De lança, espada, a pé, a cavalo, andam em cada guerra no interv...
Enviado por Rogério Beça
em 29/05/2022 07:56:11
Offline
Rogério Beça
Lado B
Vira o disco e o mesmo toca A agulha já sabe de cor a canção a letra toda gasta, a melodia em d...
Enviado por Rogério Beça
em 26/05/2022 15:33:43
Offline
Rogério Beça
procriar-te
faço-te um poema, ele virá aos gritos como quem respira, vence. Duro, em mim o caminho, num movi...
Enviado por Rogério Beça
em 13/05/2022 04:13:32
Offline
Rogério Beça
Outro apólogo da Limonada
Deram ao limão uma lima, dum gomo ela vinha, videira sem parra e o que o limão fez, foi quase d...
Enviado por Rogério Beça
em 08/05/2022 07:02:49
Offline
Rogério Beça
Sem Telhas
Construo todas as casas pelo telhado, os alicerces mais próximos do céu Telha a telha sigo, uma ...
Enviado por Rogério Beça
em 01/05/2022 03:58:26
Offline
Rogério Beça
um dia depois do dia
Hoje é um dia depois do dia da liberdade. Quase dele me esquecia. Um dia da liberdade é melhor do...
Enviado por Rogério Beça
em 26/04/2022 15:12:40
Offline
Rogério Beça
O que é que quis dizer com isto
O que é que quis dizer com isto tem o simples da gramática é quase matemática com um quê de impr...
Enviado por Rogério Beça
em 23/04/2022 04:55:25
Offline
Rogério Beça
Tá mandando "beijim" pro Leminski
Há gente que nunca morre. Gente que merece beijos que nos matam os desejos de arte, e assim nos s...
Enviado por Rogério Beça
em 09/04/2022 11:51:29
Offline
Rogério Beça
Traficante(s)
Sou um groupie esfaimado com a sede dos teus acordes Tenho, numa casa de vinis, cassetes gravada...
Enviado por Rogério Beça
em 06/04/2022 02:15:30
(1) 2 3 4 ... 25 »