https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

MUIRAQUITÃ

 
Tags:  SONETOS 2016  
 
MUIRAQUITÃ

Carrego presa ao peito uma pedrinha
Que por bela cunhã me fora dada.
Ela mesma que a fez, lisa e esverdeada,
Para eu nunca me esquecer de que ela é minha.

Hoje, sobre igapós ela caminha
Feliz em se saber por mim lembrada.
Embora eu ande longe, engravidada,
Sorri porque não mais está sozinha.

Carrega preso ao ventre um curumim
Que após lides d'amor eu lhe deixei
Como o melhor que tenho dentro em mim.

Por isso essa pedrinha ela me deu,
Em troca do menino qu'eu lhe dei:
Para eu nunca me esquecer de que sou seu.

Betim - 05 09 2016


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
493
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.