https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poema sem título nem fim

 
Quereria sair de mim
quando a dor profana me assombra
e me parece desmedidamente
grande para o pequeno momento
que sou.

Saber de mim
sem depender de palavras rápidas
que me expliquem
a proporção lenta do que mentem
os outros.

Partir em instinto
de fera solta

querendo apenas
um beijo na despedida
e à entrada
sobre a porta de saída
uma palavra...
...


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
642
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
J.Feliciano
Publicado: 27/09/2016 22:47  Atualizado: 27/09/2016 22:47
Participativo
Usuário desde: 26/08/2016
Localidade:
Mensagens: 13
 Re: Poema sem título nem fim
Muito bom, gostei. Parabens.

Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 28/09/2016 13:09  Atualizado: 28/09/2016 13:09
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 2020
 Re: Poema sem título nem fim
A tua poesia é um belo e requintado exercício de expressão das dificuldades/impossibilidades/contingências de viver como se quer, quando a vontade obedece a uma linha de pensamento, mais do que à paixão.
Gostei especialmente das duas primeiras estrofes.

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 28/09/2016 13:39  Atualizado: 28/09/2016 13:39
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2425
 Re: Poema sem título nem fim
Sei bem dessa porta. Daquelas que a gente gostaria que estivesse
bem em frente da gente em alguns dias.
Sem letreiro luminoso, somente uma invisivel porta, onde poderiamos
nos socorrer dos pensamentos continuos.
E uma palavra magica. Como sempre sao as suas.

Beijos querida Teresa.

*Mary Fioratti*