https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Iluminação Vindoura

 
Deixar-te-ei a divagar pelas nuvens esparsas
Para contemplares o Lux da imortalidade
E absorverás a quintessência.
Descobrirás grandes segredos que a ti serás revelado
E dentre inúmeras personalidades-alma que aqui habitam
Tu és um dos escolhidos a guardar tal conhecimento velado.
Abstenha-se de sentimentos receosos que a vida lhe propicia
Pois, nas infinitas fileiras daquele grande dia;
Ouvirás e te encantarás pela celestial harmonia.
E, mais uma vez;
Cumprir-se-á a escrita de uma Antiga Dinastia:
“Contemples o Lux da imortalidade”
“E grave seu nome pra toda eternidade”.

Outras publicações, acessem:
Blog Roberto Mello

 
Autor
RobertoMello
 
Texto
Data
Leituras
376
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 29/09/2016 14:28  Atualizado: 29/09/2016 14:28
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: Iluminação Vindoura
Um poema avassalador, aquele embrante que se exclamam dos sentidos vida