https://www.poetris.com/
 
 
Tags:  vida  
 
Em algum lugar deve existir o mar.
Não esse mar de água
que se espalha só pra molhar;
Não esse mar de vida
que balança e contagia
e que às vezes doa ânsia de vomitar.
Esse que tem face alegre
e que de repente entristece engolindo
rios de euforia.
Falo daquele que m'água não abalroa
levando navegante a se afogar.
Falo daquele mar que se pode,
definitivamente, chamar de lar.



beirando um mar infinito


Open in new window
 
Autor
MyrellaCasav
 
Texto
Data
Leituras
304
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.