https://www.poetris.com/
Sonetos : 

FARRAPOS

 
Tags:  SONETOS 2012  
 
FARRAPOS

Tendo o roto a dizer do esfarrapado
Tudo o que lhe está preso à garganta,
Nada mais qu'ele fale já lhe espanta
Em vista d'esse seu péssimo estado.

Por anos estiveram lado a lado.
De sorte que sua má miséria é tanta,
Que outra guerra oscila entre fria e santa
De novo n'esse lar tão devastado.

Como se na batalha se medindo,
Perfilam suas armas vez em quando,
N'um alerta de ataque quase infindo.

O roto e o esfarrapado -- se atiçando! --
Uma resposta esperam contravindo,
Qual vanguarda avançando sem comando...

Contagem - 22 07 2012


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
181
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.