https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Alegria : 

A salsa

 
A salsa

Antropónimo, metafórico petulante,
a delicadeza, deslizando como uma balsa
como atracção, é vibrante, tem colorido
airoso e janota, esse pezinho de salsa!

Melodioso quando a brisa suavemente
lhe levanta o saiote verde e recortado
e que reparte o seu paladar e a sua cor
para se sentir gostoso, muito apreciado.

À sua graça toda frescura que é inebriante,
não gosta de conotações, como é evidente,
quando à mesa se apresenta tão verdejante!

Mas tudo esquece, quando o pé se descalça,
a faca, o garfo, o prato apetitoso, tudo esquece
baralhando as cabeças, requebrando a salsa.

 
Autor
Volena
Autor
 
Texto
Data
Leituras
749
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
88 pontos
22
9
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 12/02/2017 15:37  Atualizado: 12/02/2017 15:37
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: A salsa... PARA VÓLENA
Ah mas uma graça é esse soneto explêndido que numa sutileza deliciosa nos leva a pensar na sensual dança caribenha e no delicado pézinho verdejante de salsinhas à mesa.

Muito inteligente, laborioso e fantástica inspiração, Vólena amada!

Gostei demais, porque de início fiquei sem saber se falavas da dança ou do tempero...hahahahha...Me pegou , hein !!

Beijinhos carinhosos da amiga e fã !!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 12/02/2017 17:43  Atualizado: 12/02/2017 17:43
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: A salsa...
Momentos que os sentido de traduzem em lentos onde as traduzem em sentido metáforas onde o próprio de um algo é o seu nome, belo poema


Enviado por Tópico
Chou
Publicado: 12/02/2017 20:44  Atualizado: 12/02/2017 20:44
Colaborador
Usuário desde: 01/02/2017
Localidade:
Mensagens: 504
 Re: A salsa...
Salsa na boca e no pé sabores de apaixonar do mais simples ao mais refinado coração.


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 12/02/2017 22:33  Atualizado: 12/02/2017 22:33
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: A salsa...
Que lindo, minha amiga.

Sem dúvida a salsa tem muitas e boas propriedades.

Meus parabéns.
Um abraço


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 13/02/2017 12:49  Atualizado: 13/02/2017 12:49
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: A salsa...

Wow vozinha!
No principio confundiu minha cucuruca, rs
Amei, amei!
E vamos a bailar la salsa!
Um beijinho!

*-*


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/02/2017 13:22  Atualizado: 14/02/2017 23:27
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16058
 Re: A salsa...
Vozinha
Adorei as marotices! Não dispenso nenhuma das duas, seja a verdinha ou aquela que me faz dançar!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 14/02/2017 23:10  Atualizado: 14/02/2017 23:10
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 625
 Re: A salsa...
Tanto a salsa, quanto a salsa...ambos são deliciosos...e mais delicioso ainda é este teu poema metafórico!...Amei; aplausos e beijos fraternos.



Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 17/02/2017 00:04  Atualizado: 17/02/2017 00:04
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9268
 Re: A salsa...
Boa noite Volena, nesta natureza cada elemento contem sua graça, e exalta a sua grandeza, parabéns pelo vosso irreverente poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/02/2017 09:39  Atualizado: 17/02/2017 09:39
 Re: A salsa...
...apreciei Volena, desculpe, o comentário pequenino, Fico triste que num lugar em que existe tanta poesia , como o Luso, as pessoas insistam em trazem adversidade. Só um desabafo, o soneto é belo.


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 01/03/2017 11:28  Atualizado: 01/03/2017 11:28
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4213
 Re: A salsa...
Olá Vólena,

Um pé de salsa pode ser tanta coisa. A minha amiga pegou nisso mesmo e com palavras e modos muito adequados versou aqui um soneto inteirinho de frescura onde equacionou todas as aptências da Salsa.

Versos de frescura maravilhosa a nos encantar e a nos ensinar como se versa bem, uma distinta salsa.
- Adorei o saiote da salsa. rssssss
Se bem que a primeira quadra seja um poema completo, os restantes versos adicionaram muito a essa quadra.

Sonetos assim construídos, não são para todos, é preciso ter a fibra da autora para conseguir versar assim.

Beijoquitas

Maria