https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

FÁTIMA

 
Para onde vais gente peregrina?...
Agora curvada, cabeça levantada,
Buscando a sedutora, branca luz,
Pelo caminho ardo da Cova de Iria,
Que outrora, era terra do nada,
E hoje, é lugar de vida sagrada.

No após guerra surgiu Maria
Com a graça de pomba branca
Desceu do céu à terra de Leiria,
Onde deixou mensagem franca:
Pela paz, pastorinhos terem de rezar
Afim da humanidade poder se salvar.

Surgiu ao entardecer à multidão,
Toda serena, plena de brancura.
Recebeu o Papa com doçura,
E espalhou seu olhar de ternura,
Aos peregrinos que lhe acenaram,
E com lenços brancos a saudaram.

Pela manhã, a esperada despedida,
Com cântico entoado d´Avé Maria,
Que a todos os peregrinos arrepia,
De rostos pasmados e encantados,
Despediram-se da Virgem fascinados,
Crentes de poderem ser abençoados.
Maio 2017
M. Lucas

 
Autor
Manuel Lucas
 
Texto
Data
Leituras
556
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 17/05/2017 10:23  Atualizado: 17/05/2017 10:23
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29801
 Re: FÁTIMA
Lindo poema, snatificado, e divino