https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A fresta

 
Envelhecida
A janela entreaberta
Absorve fios de vida
Incerta

Pela fresta

A vela desmaia
Em cera tosca
Desvanece
A réstia de luz fosca.

Fechei a janela
Envelhecida
Aprisionei lá fora
A vida

Matei a fresta

A noite escura
O sono me empresta
Sem luz
Já nem escrever me resta.


Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
762
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 18/07/2017 13:35  Atualizado: 18/07/2017 13:35
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1576
 Re: A fresta
Escrever no escuro é um caso perdido. Pelas duas luzes. A que ilumina o papel e a que ilumina o pensamento.
A fresta que te prendeu a vida lá fora (perfeito) apagou a luz.
Sem vida nem luz dificilmente haverá poesia.

Abraço

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 18/07/2017 13:43  Atualizado: 19/07/2017 16:25
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1751
 Que será da nossa
Que será da nossa


Que será da nossa
Viúva sombra sem
A mortal vida presa
Que somos,criamos

Poesia como deuses
Do cosmos querendo
Sou iníquo ou único
Como se existisse

Em mim uma luz negra
Assim como há vida
Em nós contamos com
A morte pra sermos

Eternos e reais
Que será da nossa
Viúva sombra
Sem o luar de todos

Os Mais ...

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/07/2017 10:44  Atualizado: 21/07/2017 10:44
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29136
 Re: A fresta
Existem momentos assim em nossas vidas que se aprisionamos em algum lugar para refletir os momentos