https://www.poetris.com/
Poemas : 

O peso das pedras

 
O peso das pedras

A cabeça cheia de pedras.
Os teus olhos largados à névoa tombam pelo prato
Vazio de tantas montanhas servidas na vertigem

[O passado por um sonho.
Desde que seja um sonho virgem]

Corrias campos nas pernas
atrás de borboletas e nuvens de vento
O sorriso nos dedos tocava fantasias nas águas do rio

E as tuas vontades?
Ah! Eram flores de sol em ramos oferecidas
E caprichos na boca, tantas vezes

Tantas vezes

Cresceram dias densos
Pelo leito desse rio complexo
Tão sinuoso como as veias
Que perderam a saudade do tempo
Como um espelho a insistir reflexos

Cresceram dias ensombrados
E os teus olhos agora fechados
Caem pelo peso das pedras
Transbordando o prato já raso de lágrimas atrasadas

Enquanto uma nova montanha cresce pelo horizonte
E respira.


Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
95
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 23/11/2021 22:29  Atualizado: 23/11/2021 22:29
Super Participativo
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 139
 Re: O peso das pedras
Gostei muito da leitura, deu para sentir o peso, respirei ao fim.