https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 8 »
Offline
silva.d.c
O teu lugar
O que é um poema que eu escreva Senão uma imagem desfocada, um desenho desigual Daquilo que os ol...
Enviado por silva.d.c
em 25/11/2020 19:25:21
Offline
silva.d.c
Perspectiva
Perspectiva É visão Metáfora onde me escrevo, circular e infinito Mas, por agora, sem espaço N...
Enviado por silva.d.c
em 18/11/2020 15:08:16
Offline
silva.d.c
Amanhecem Girassóis
Amanhecem girassóis. Reguei a terra pela manhã Com o sol que trazias na mala E tu acenaste para ...
Enviado por silva.d.c
em 15/10/2020 14:10:55
Offline
silva.d.c
O complicado é pensar sobre
Considerações. Pensar o reverso das coisas E no seu reverso, pensar o inverso daquilo que são Dep...
Enviado por silva.d.c
em 29/09/2020 16:03:30
Offline
silva.d.c
Casca de Noz
Se soubesse escrever melhor os meus pensamentos Se conseguisse traduzi-los em palavras Acompanha-...
Enviado por silva.d.c
em 25/09/2020 17:48:26
Offline
silva.d.c
O que é contemplar, senão olhar com o pensamento.
O que é contemplar, senão olhar com o pensamento. Bater com as íris em todas as cores de um jardi...
Enviado por silva.d.c
em 22/04/2020 04:48:48
Offline
silva.d.c
Caravelas azuis céu adentro
Desconheço as certezas que me atraem ao desconhecido. Um movimento, causa e efeito, no brilho des...
Enviado por silva.d.c
em 06/04/2020 02:08:47
Offline
silva.d.c
Imperfeição
Quando a imperfeição é a realidade, não existe nela a consciência da sua própria imperfeição. Num...
Enviado por silva.d.c
em 18/03/2020 20:57:35
Offline
silva.d.c
Esclarecimento
Se alguém percebe de alguma coisa, sou eu. Falo com a mesma propriedade no pôr-do-sol de Marrocos...
Enviado por silva.d.c
em 19/07/2017 22:31:31
Offline
silva.d.c
Morrem no peito Legiões
No ciclo eterno das estações, em cada nova reunião A percepção exa...
Enviado por silva.d.c
em 19/07/2017 00:10:21
Offline
silva.d.c
A fresta
Envelhecida A janela entreaberta Absorve fios de vida Incerta Pela fresta A vela desmaia Em...
Enviado por silva.d.c
em 18/07/2017 12:28:03
Offline
silva.d.c
Copos vazios
Por de trás da luz, fomos noites intermináveis Esquecemos palavras no barulho das tab...
Enviado por silva.d.c
em 15/07/2017 12:00:41
Offline
silva.d.c
Só por não ser
Não me lembro de ser eu Sempre fui vida por fora do corpo Sempre ficção por realidade. Estudei um...
Enviado por silva.d.c
em 12/07/2017 18:29:20
Offline
silva.d.c
Ondas de impacto
Sente. Move Contorce o corpo Suporta a dor. Derrete o gelo Solta das mãos, as chamas. ...
Enviado por silva.d.c
em 11/07/2017 23:51:12
Offline
silva.d.c
As cordas do tempo
O tempo reclama... Das cordas escorrem as lágrimas da manhã Ilesas, mas ainda presas...
Enviado por silva.d.c
em 11/07/2017 19:17:36
Offline
silva.d.c
Natureza morta
Tinha em tempos Maçãs, pêras e laranjas numa cesta sobre a mesa E sempre que tinha ...
Enviado por silva.d.c
em 07/07/2017 18:43:13
Offline
silva.d.c
A chuva vai castigando a noite pela manhã
As feridas caem nas pétalas cansadas como álcool Por um rio só a meio da cama Ontem uma fogueira...
Enviado por silva.d.c
em 07/07/2017 18:30:26
Offline
silva.d.c
Hoje, a espera
Sou um esboço daquilo que planeei ser Um projecto adiado, a espera, uma folha amarrotada ...
Enviado por silva.d.c
em 03/07/2017 17:05:12
Offline
silva.d.c
Folhas de projecto sequenciais
Finjo o espaço entre os blocos frios de cimento Marcas de um futuro erguidas aos céu...
Enviado por silva.d.c
em 03/07/2017 17:00:01
Offline
silva.d.c
Escala de grandeza aplicada ao peido
Se, eventualmente numa escala de grandeza, qualquer coisa ou pessoa for considerada grande por mu...
Enviado por silva.d.c
em 01/07/2017 00:57:17
(1) 2 3 4 ... 8 »