https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Crítica : 

MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU...

 
Eu
sei o que sinto:
esse meu sentimento
leva-me,
levemente,
e a mim mesmo,
a esta minha caminhada.

Pensei,
e fui para além do pensamento,
dentro
de cavernas de dentro,
pelos passos que dei,
passo
a passo.

Cheguei
ao ponto de partida de mim;
aqui estou

Zinho.


Sou fiel ao ardor,
amo esta espécie de verão
que de longe me vem morrer às mãos
e juro que ao fazer da palavra
morada do silêncio
não há outra razão.

Eugénio de Andrade

Saibam que agradeço todos os comentários.
Por regra não respondo.

 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
275
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
5
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/07/2017 11:01  Atualizado: 27/07/2017 11:01
 Re: MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU...
A qualidade melódica deste poema é notável. Muitas vezes, analisamos um poema e esquecemos a técnica (adquirida ou inata, não interessa) que é necessária para fazer com que o texto se pareça com a respiração, natural e vital.
Todo o conteúdo -- muito simples, quase sem adornos, repetitivo até -- está sujeito a essa vontade de colocar o leitor sob o mesmo efeito de encantamento (mesmo que desencantado) que existe na solidão, na contemplação e no silêncio.

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 27/07/2017 15:20  Atualizado: 27/07/2017 15:20
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3541
 Re: MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU...
Afinal o Zinho estão tão só que reflete o teu pensamento.
Por vezes temos que parar e pensar na vida, no eu que completa o ser que somos, mesmo acompanhados.

Gostei do jogo de palavras impregnado no poema.

beijinho

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 27/07/2017 23:14  Atualizado: 27/07/2017 23:14
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15478
 Re: MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU...
Deveria ter mais "você", assim não se sentiria tão só, "Seu" Zinho! Andou em círculos se chegou ao ponto de partida. Mas a vida é assim mesmo, Brother das letras. Um forte e fraterno abraço e tudo de bom!

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 28/07/2017 01:16  Atualizado: 28/07/2017 01:16
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU.../ PARA ROGERIO BEÇA ( ops, gritei) rsrsr
Boxer comentou sobre colocar o leitor sob o mesmo efeito de encantamento , e está com a razão, porque eu me encantei, viu Rogério!

Esse retornar ao ponto de partida , é uma viagem, por vezes, não muito agradável, mas se servir para um auto conhecimento valerá o caminho percorrido.

Bjos

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/08/2017 13:54  Atualizado: 02/08/2017 13:54
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29438
 Re: MUITO POUCO TU, MUITO POUCO TU...
é o sentimentos que grita o amor pluralizando os atos de uma paixão insana, poema lindo