https://www.poetris.com/
 
 
Andando pela beira da praia,
Vejo a praia e ela me vê,
Ela me vê e corre,
Ela corre, mas depois para.
Enquanto ela está parada,
Ela decide pensar a respeito,
Ela pensa e decide,
Ela decide por nos.
Enquanto o mundo para,
Eu vim parar para pensar,
Que sempre que penso demais,
Faço as coisas sem pensar.
E ela sabe do defeito,
Ela me entende tão bem,
E eu apenas me pergunto,
Porque não entendo também?
Ela ainda não sabe,
O que ela sabe demais,
Ela continua na praia,
Em que eu fiquei pra trás.
Me pego pensando em nada,
Querendo concertar tudo,
So que eu não percebo,
Que apenas quebro mais.



Rafael Carneiro


 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
379
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 09/09/2017 22:30  Atualizado: 09/09/2017 22:30
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6823
 Re: Ela
Marés que entra pelos olhos onde os sentidos se entendem em um entanto onde os ventos tocam naquele lindo azul infinito.

lindo poema, mareante