https://www.poetris.com/
 
Textos -> Crítica : 

caro irmão

 
Se o amor fosse
gente, meu irmão,
não entenderia
o porquê da confusão
que a gente cria
para amar.

 
Autor
GinaCortes
 
Texto
Data
Leituras
746
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 12/03/2018 10:18  Atualizado: 04/04/2018 17:47
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1881
 Re: caro irmão
O amor é melhor com fusão.
Ou a melhor confusão.

Mas se fosse gente, olharia para a gente, e estranharia.
Sendo amar diferente de ter amor ou sentir amor, é, acto contínuo, um inefável sentimento e variável de indivíduo para indivíduo. Há uma tendência para universalizar o tema e pôr todos a amar da mesma maneira.
A diversidade é bela e complexa.
Talvez devesse ser mais simples e inteligente.

O poema é curta crítica à complexificação extrema que se faz de amar. Ou de amor.
O amor fraternal pode ser abordado, cara irmã.
Levemente colocado como forma de diálogo informal, o poema atingiu o seu golo:
Pôr o leitor a pensar.

Perigoso isso.

Bj


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 12/03/2018 11:54  Atualizado: 12/03/2018 11:54
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: caro irmão
Gina
Gostei do que escrevestes!
Beijos!
Janna