https://www.poetris.com/
Sonetos : 

N'UMA NOITE D'ESSAS

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
N'UMA NOITE D'ESSAS

Entre doses de vodca e solidão,
O poeta olha a puta o provocando
Até se perguntar, de quando em quando,
Se estava lá por tédio ou por tesão.

A puta está ali por profissão
E lhe vem, rebolativa, ao seu comando.
Sorri e bebe o qu'ele está tomando,
Sabendo causar tórrida impressão.

Ela derrete o gelo nos seus lábios
E, com voz maliciosa, então diz
Fazer o poeta um pouco mais feliz.

Mas ele, mesmo d'olhos menos sábios,
Declina de usufruir d'essa beleza,
Temendo ter a dar tão-só tristeza...

Belo Horizonte - 08 10 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
57
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 09/10/2018 23:04  Atualizado: 09/10/2018 23:04
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1237
 Re: N'UMA NOITE D'ESSAS
Muito interessante. Poema bem construído.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 10/10/2018 14:51  Atualizado: 10/10/2018 14:51
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12024
 Re: N'UMA NOITE D'ESSAS P/RicardoC
Pluralidade cultural, bem-vinda, todos iguais, mas de gostos diferentes a usufruir de sabedoria e beleza só enobrece, abraço
para o belo horizonte... Vó