https://www.poetris.com/
Poemas -> Humor : 

Vai-te ó ilusão

 
Vai-te embora ó cansativa e gasta ilusão
não insistas por favor no teu assédio,
crê que já não sinto nenhuma emoção
o que há em mim, agora, é puro tédio,

tu insistes inventando novos sonhos,
pouco valem, esmoreceste minha alma
tornando esses sonhos tão enfadonhos
que toda a tua ilusão jamais me acalma,

a partir de hoje, peço-te uma vez mais
que procures outros e novos caminhos,
vai por aí saltitando como os pardais
talvez encontres local para outros ninhos.

José Carlos Moutinho
8/11/18

Decreto-Lei, nº 63/85
dos direitos do autor


 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
43
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/11/2018 16:27  Atualizado: 08/11/2018 16:27
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15701
 Re: Vai-te ó ilusão
Zé Moutinho
E que essa ilusão pegue o caminho de ida sem volta! Rsrs
Gostei da sua poesia marota!
Beijos!
Janna