https://www.poetris.com/
Contos : 

Das divisões da consciência

 
Sejamos práticos. Se você hoje, se encontrasse com o você de vinte anos atrás na próxima esquina, e parassem para travar uma conversa amigável, em quantos pontos acha que concordariam? Não importa a sua resposta agora, pois sabemos que em muitos pontos discordariam. Você olharia para você mesmo, dentro dos seus olhos, e surpreso se pegaria pensando o quão diferente se tornaram, até mesmo no brilho dos olhos.
Mesmo numa mesma vida, você é muitos vocês. Alguns mais, outros menos. A Consciência se transfigura, ela muda, pois essa é a natureza da realidade profunda. Pense, se nada mudasse, para que existiriam se se repetissem eternamente? Só por causa da diversidade e da mudança o universo existe. A realidade e as relações são dinâmicas. Você não iria querer uma eternidade debaixo de uma árvore tocando harpa indefinidamente. Não existe música de uma nota só.
Apenas vocês não percebem que a sua consciência muda, não apenas no decorrer da vida, mas no decorrer do dia. Você pode estar mais atento ou mais relapso. Em vigília ou sono, ou em estado alterado da consciência por causa de uma xícara de cafezinho.
A consciência, mesmo a que você conhece, não é una. Ela tem compartimentos e ela se divide. Veja, sobre os sonhos que acabamos de falar, a sua consciência em sonho é uma, a sua desperta é outra. E muitas vezes você pode se pegar assistindo ao mesmo tempo a atuação das duas. Você está consciente muitas vezes em coisas que você não percebe, por causa da sua rotina diária. Mas, a verdade, é que a sua consciência se divide em muitas ao longo do dia, e da vida, pois se não fosse assim você não daria conta de administrar um único passo seu.
Voltemos a esquina anterior. Se você não parasse para conversar contigo mesmo, provavelmente nem notaria a sua presença. Seria mais um estranho a cruzar a sua vida, alguém que você julgaria não merecer a sua atenção.
Existe uma Consciência por trás da humanidade, que apesar de super-dividida, vê-se como um único indivíduo. Como ser humano, você está aprendendo a ser assim também, a manipular várias percepções de uma única vez. Se o espaço e o tempo são ilusões, então, as separações também o são...


j

 
Autor
London
Autor
 
Texto
Data
Leituras
71
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.