https://www.poetris.com/
Sonetos : 

AGUADAS

 
Tags:  SONETOS 2017  
 
AGUADAS

A chuva e seu pincel de fantasia
Dão ao vale horizontes desmedidos,
Onde os olhos se perdem comovidos
Ao longo já de toda a travessia.

Mas mais bonito mesmo é quando estia
E os campos do Senhor, reverdecidos,
Parecem rebrilhar agradecidos
Às águas que caíram noite e dia.

A luz do sol s'espalha quase pura
E o céu em pleno azul se transfigura
Por sobre o rio cheio que o espelha.

Felizes, companheiros do lugar
Às culturas do tempo vêm plantar,
E fecundar a chã terra vermelha!

Pará de Minas - 26 11 2017


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
34
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.