https://www.poetris.com/
Sonetos : 

SINGULARIDADE

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
SINGULARIDADE

Surrealizo os teus olhos feito estrelas
E atravesso as galáxias de teu verso...
Pelas letras recrio outro Universo
Onde estás bem no centro das querelas!

Em fuga, duas linhas paralelas
Reúnem no infinito o haver disperso.
De modo que contigo desconverso
Sobre eu ser lar de múltiplas janelas.

Espaço-tempo d'um buraco negro
Onde em mil megatons me desintegro,
A ponto de deformar matéria escura.

E mesmo a luz se curva ora atraída
Àquela gravidade desmedida
Que bem dentro de ti se transfigura.

Betim - 29 11 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
36
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.