https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Cristal

 
Tags:  vitória    porta    volta    cristal  
 
Cristal

Ficar contigo pelo tempo algemado
Como épocas passadas venturosas
Foi isto que sempre tenho desejado
Mas houve ciladas tão caprichosas

Pois tudo que é bom se acaba logo
Mas o que é ruim nunca termina
Quis a sorte que mudasse o jogo
E aí também mudou a nossa sina

Pois nem tudo que vai tem volta
E agora não adianta abrir a porta
Porque passou o nosso momento

Como um vaso de cristal quebrado
Que não há mais como ser colado
Mesmo que haja arrependimento.

jmd/Maringá, 03.12.18



verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
33
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.