https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

O VERDADEIRO SÁBIO

 
Antigamente pensava que felicidade era o ouro...
Usei de tudo para o conseguir obter...
E encontrei um coração que é um verdadeiro tesouro
Mas também esse acabei por perder.

Se por alguns meses andei por aí a sorrir
Foi desse coração que veio o meu alento
Tantos copos, e a tanto tempo que já não sabia o que era me divertir...
Agora soprou-me o vento e fiquei aqui ao relento.

Bom coração que tentou iluminar o meu
E isso eu não soube valorizar
Disse-te que o que era meu era teu
Mas não partilhei aquilo o que meu coração queria verdadeiramente falar...

P.S. Obrigado pelo que me fizes-te aprender, obrigado por teres estado a meu lado quando eu mais me senti sozinho, obrigado por muitas vezes teres engolido o teu orgulho só para às vezes eu fazer o que me apetecer. OBRIGADO por me mostrares que os €€€ podem valer muito, mas não valem nada comparados com as pessoas de quem gostamos e dos momentos que vivemos com elas.


Mesmo sendo eu um vagabundo...
por um belo sorriso vou até ao fim do mundo!

Eduardo Fontes©

 
Autor
EduardoFontes
 
Texto
Data
Leituras
101
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 20/03/2019 17:42  Atualizado: 22/03/2019 12:16
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade:
Mensagens: 780
 O verdadeiro sábio













O derradeiro sábio é aquele que acorda acordado, não havendo nenhum outro ou na falta de acordo entre todos os outros...







Um verdadeiro sábio é como um amante estrábico, vê para ambos os lados pla raiz do cabelo, não a singularidade frente a ele e junto ao nariz, nua e em pelo..