https://www.poetris.com/
Poemas : 

1964

 
É uma reação em cadeia
Onde o primeiro pecado é o pecado final
É sobre transferência de culpa
Argumentação irracional

É um cabo de guerra
Até a corda arrebentar
É um falso discurso de paz
Quero ver, pra quem o dedo vai apontar?

Lembram do evangelho de Maria Madalena
Apócrifo: "não há pecado"
Como forma de anistia
Perdão instaurado

É a prole em mistificação
E os ideais avulsos
A tortura virou Alzheimer
Em cada linha dos discursos

Eu falo das inversões
Do conformismo ao se contentar
Que liberdade é essa
Onde o cachorro é quem te leva pra passear?

Tentam caçar as ratoeiras
Armando os ratos
Cordeiros em pele de lobo
É a indiscrição dos fatos

Autocensura míope
A um palmo do nariz a escuridão
Só se enxerga o que se quer enxergar
Eu não culpo, "humanos" pensam com o coração

Mesmo amando o pacifismo de Gandhi
A revolução não deve esperar
Lembrei do Raul, o dia em que a terra parou
O Brasil decidiu continuar

No pleno gozo das suas faculdades mentais:
Brilhante Ustra ou Carlos Mariguela?
Quem atirou primeiro?
Quem sujou a bandeira verde e amarela?

Morrer afogado no raso
É o castigo dos conservadores
Mentes limitadas
Limitam também os amores

É o PACO opaco
De pensar de um lado só
Chega a gritar de medo
Chega a doer de dó

Eu não confronto opiniões
Eu respeito os dois lados
Mas são moedas distintas
Cara e coroa dos mal fadados
















Jeferson

 
Autor
Jdcc1
Autor
 
Texto
Data
Leituras
131
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Caio
Publicado: 13/04/2019 16:38  Atualizado: 13/04/2019 16:38
Colaborador
Usuário desde: 29/09/2011
Localidade: Olinda, Pernambuco
Mensagens: 1148
 Re: 1964
entre uma força aparelhada pelo estado que tratava de prender, torturar, executar e sumir com opositores e uma guerrilha urbana formada por uns poucos e só após os desmandos do estado, fico com a guerrilha urbana.


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 14/04/2019 15:02  Atualizado: 14/04/2019 15:02
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16008
 Re: 1964
Jdcc
Esse período de 1964 a 1985 deveria ser apagada da história, só nos envergonha e nos entristece.
Sou amante do pacifismo de Gandhi, mas tenho que admitir que Mariguella foi uma figura admirável.
Beijos!
Janna