https://www.poetris.com/
Poemas : 

NINGUÉM TE AMA ASSIM

 
NINGUÉM TE AMA ASSIM
----------------------------------------
Vera Salviano ( Vida )

Quando estou junto a ti
Desligo-me do mundo lá fora.
O mundo passa a existir
Dentro de mim e você, como agora.

Nem a distância, provações e tempo
Vão tirar você do meu pensamento.
Hoje, a pensar em nosso louco amor
Que faz de mim, tua rosa e de ti
Meu beija-flor.

Onde quer que eu esteja
Levo-te em meu pensamento.
Lembranças de cada minuto
Beijos, abraços, momentos.

Como eu quisera agora ter-te
Afagar os teus cabelos lindos
Beijar-te a boca molhada ao vento
Só de pensar, tremo. Não aguento.

Não aguento lembrar o que passou
Naquele dia, por detrás daquela porta.
Saber que tu me amas como te amo
Importa. É tudo o que agora importa.

Nos encontrar não foi erro. Foi destino.
Duas vidas perdidas em sonhos vãos.
A nossa história de amor começou
Já marcada pelo ciúme e louca paixão.

De te fiz meu princípio, meio e fim
Meu bem querer e minha religião.
Passe o tempo que passar, enfim
Ninguém te amou ou há de amar assim.


Vera Salviano

 
Autor
verasalviano
 
Texto
Data
Leituras
60
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.