https://www.poetris.com/
Poemas -> Alegria : 

Curvo-me para a poesia

 
Curvo-me para a poesia

Procuro uma melodia
No silêncio dessa hora
Curvo-me para a poesia
Que me beija sem demora.

Curvo-me para a poesia
Que me sussura suavente
Numa prece de alegria
Que me chega docemente.

Numa prece de alegria
A poesia vem me dizer
Não há um único dia
Que não seja bom viver .

Não há um único dia
Que valha a pena sofrer
Curvo-me para a poesia
Porque me faz florescer.
Lu


A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
70
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.