https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Miados

 
Tags:  fome    madrugada    gato    miados    sede.  
 
Miados

Quando já era bem de madrugada
Ouvi um gato que passava miando
Subia e descia em cima da calçada
Então fiquei no assunto meditando

Será que esse gato passava fome
Ou será que estava passando sede
A minha dúvida no caso foi enorme
Ouvindo esses miados pela parede

Ninguém explica a mim o mistério
Embora não se trata de nada sério
Não cheguei a nenhuma conclusão

Latidos dos cachorros são naturais
Denunciam a passagem de animais
Ou talvez a presença de um ladrão.

jmd/Maringá, 18.07.19


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
221
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.