https://www.poetris.com/
Poemas -> Humor : 

Sonetista

 

Não existe em mim nenhuma presunção
de me inventar poeta sonetista,
mas há, porém, em mim tanta emoção
que me atrevo como um grande letrista,

verso atrás de verso vou construindo
as duas quadras com a devida rima,
tentando que a métrica vá fluindo
para que o soneto seja obra prima,

pode parecer fácil, mas não é, não,
desta maneira já cheguei ao terceto,
confesso que foi com muita emoção…

agora a caminho doutro terceto…
com este, é o verso décimo terceiro,
no décimo quarto acabo o projecto!

José Carlos Moutinho
12/8/19

Ao abrigo do Decreto-lei nº 63/85
dos direitos de autor



 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.