https://www.poetris.com/
Poemas -> Solidão : 

EXTASIADO NA NOITE

 
Tags:  poema  
 
EXTASIADO NA NOITE
 
EXTRASIADO NA NOITE
(Jairo Nunes Bezerra)

Vislumbrei-te na negritude da noite,
Eras mais bela estrela com certeza...
Tua efervescência liberava açoites,
E à minha frente ilustravas a natureza!

Triste fiquei ante o teu distanciamento,
Que não facilitava a minha aproximação...
Lágrimas liberadas pelo teus lampejos,
Ocasionava-me mirabolante depressão!

E fiquei restrito à tua luminescência,
Alimentando a incoerência,
Por não te ter ao meu lado!

E mais uma vez vagueio pelo firmamento,
Pressionado, sem lamentos,
Com os meus olhos castanhos semicerrados!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
151
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.