https://www.poetris.com/
Sonetos : 

DESILUSÃO

 
Tags:  SONETOS 2019  
 
DESILUSÃO 

Já tive por mau hábito escrever
Acerca de teus olhos duvidosos.
E depois de dez anos, dois esposos...
Enfim achaste tempo de me ver!

Diante d'um conhecido desprazer,
Sorri como costumam os idosos
Mesmo porque me foram desditosos
Os anos que gastei a t'esquecer.

Eu não estou mais moço; tu tampouco.
Talvez mais pensativo, menos louco.
Mas de forma nenhuma convencido.

Perdidas as razões do coração,
Desconheço onde há mais desilusão!
Quem de nós dois o mais desiludido...

Betim - 16 10 2019


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
159
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.