https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Terra Seca

 
Open in new window
Terra Seca

Havia tanta miséria
que as pedras viravam comida
o tempo lento doía
e a vida secava na terra
abrindo ferozes feridas

Opacas as faces marcadas
com cheiro de mal nascidas
os lábios encorrugidos
e as almas desventuradas
nesta vida, todas amortecidas

Vida, vida com cheiro de morte
pois fogo queimava a vida
que transcendia sem qualquer suporte
mas que brilhava por ser tão pura
e só restando quem era forte

Quanto tudo que se tem
esturrica na dor
e sem nenhum desdém, desespera
e o que se faz é quase nada
talvez lagrimas possam vicejar a terra

Mas nalguma noite olhares discretos
que perdidos por seus pensamentos
batiam cascos na terra dura
levantando nuvens de poeira
que carregavam as chuvas nas costas dos ventos.

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
100
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.