https://www.poetris.com/
Poemas : 

O Vento e Eu

 
No vento anseio em existir.
Das limitações do olhar poder ir além,
Não me prender a lugar algum,
estar em toda parte,
experimentar a liberdade que somente o vento tem.
Contrariar a lógica do mundo tangível,
transcender a materialidade do físico e visível.
E fazer-me sentir...
Quem sabe em uma lembrança que a mente invade,
E então na brisa ser o toque etéreo que acalma a saudade, que tanto faz chorar alma,
quanto nascer o sorrir.
E na melodia que se ouve ao vento,
sem tempo de chegar ou mesmo de partir,
ser a voz que chama a razão à vida
e deixar o ser fluir.
Expurgar todo o sofrimento e as veleidades,
e num sopro... A felicidade enfim.




 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
64
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
2
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/05/2020 09:07  Atualizado: 24/05/2020 09:07
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 3026
 Re: O Vento e Eu
🌹

A saudade trás memórias
que tantas vezes queremos esquecer
à espera que o vento nos traga a felicidade
mais além


poetisa Aline Lima

beijos