https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Devaneio Noturno

 
Tags:  contradição    resposta    paradoxo    eterna    vão  
 
Sons acordam meu quarto
enquanto tento dormir, em vão
acordada fico farta
de tanta confusão

Penso na vida
eu penso, ela não
ela acontece dia após dia
ela acontece, eu não

Me desanimo, me animo
Me alegro, me resguardo, me deprimo
Me arrisco, abro meu coração
Sou paradoxo, contradição.

Quem pode me entender?
Eu mesma tento, também em vão
é preciso reconhecer
essa minha ilusão

passo a vida atrás de uma resposta
mas só encontro interrogação


Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
541
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.