https://www.poetris.com/
Sonetos : 

ÁLCOOL FORTE

 
Tags:  SONETOS 2020  
 
ÁLCOOL FORTE

Esquecer. Eu preciso t'esquecer.
Copo após copo. Sim... Dia após dia.
Deixar rolar lágrimas... Poesia,
Apenas p'ra sentir, não escrever.

Falar comigo mesmo a m'entreter,
À mesa, solitário, na boemia.
Indo de bar em bar, sem alegria,
Para atrás de garrafas m'esconder.

Tudo para não mais lembrar de ti
Nas ruas onde andei, aqui e ali,
Braço dado contigo, enamorado.

Eu beba, enternecido, um álcool forte,
Que único lenitivo para a morte,
Faz deixar para trás todo o passado.

Betim - 31 07 2020


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
70
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mainardes
Publicado: 03/08/2020 14:50  Atualizado: 03/08/2020 14:50
Participativo
Usuário desde: 22/08/2019
Localidade:
Mensagens: 18
 Re: ÁLCOOL FORTE
De uma tristeza que só quem amou verdadeira e intensamente conhece. A miséria do rompimento preenche a alma do mais insidioso desgosto. Muito bom, Ricardo. Obrigado pelo texto. Abraço!